Filme “Torturado por amor a Cristo” mostra perseguição sob regime comunista

0
6


“Torturado por amor a Cristo” mostra perseguição sob regime comunista

No início da década de 1940, o Partido Comunista da Romênia possuía apenas 10 mil membros, mas conseguiram tomar conta do país. Quando um milhão de soldados russos invadiram território romeno o Rei Miguel I entregou o poder a eles. Era 23 de agosto de 1944, o início de um pesadelo que duraria quase meio século.

O pastor Richard Wurmbrand foi um dos opositores à imposição do ateísmo por parte dos comunistas. A maior parte dos líderes da igreja católica e da ortodoxa, que eram maioria, abraçaram o regime e não ousavam contestar.

Em 1945, o pastor liderava um ministério “subterrâneo”, que continuava pregando o Evangelho e denunciando as atrocidades comunistas. A postura de Wurmbrand fez com que ele passasse quatorze anos como prisioneiro dos comunistas, sendo constantemente torturado e forçado a negar sua fé. Mas ele não cedeu.

O pastor foi preso pela primeira vez em 1948, com sua esposa, Sabina. Ambos cumpriram pena de trabalhos forçados por três anos. Posteriormente, ela foi solta enquanto ele foi para uma solitária, onde as únicas pessoas que viam eram os solados encarregados de torturá-lo. Trocou de prisão mais de uma vez, trazendo em seu corpo as marcas que quem preferia morrer a negar Jesus. As autoridades chegaram a dizer para sua família que ele estava morto.

Após oito anos e meio na prisão, foi libertado. Logo retomou seu trabalho com a igreja subterrânea. Cerca de dois anos depois, em 1959, foi preso novamente e sentenciado a vinte e cinco anos de prisão. Só obteve a liberdade em uma anistia geral ocorrida em 1964. Por intervenção de cristãos noruegueses ele conseguiu sair da Romênia e passou a contar em igrejas europeias o que se passava em seu país.

Seu livro de memórias, “Torturado pelo amor a Cristo” foi um campeão de vendas, revelando ao mundo o que acontecia com muitos cristãos por trás da “Cortina de Ferro”. Fundou também a missão “A Voz dos Mártires” que acompanha a situação da igreja perseguida até hoje.

A história do pastor Richard Wurmbrand é retratada no filme “Torturado por Cristo”, que estreia em 5 de março. O ator Emil Mandanac interpreta o pastor, no longa dirigido por John Grooters. Filmado na Romênia, ele utiliza várias imagens da época, dando uma atmosfera de documentário.

Ainda não há previsão de estreia no Brasil.

Assista ao trailer:



Source link

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here